domingo, 1 de dezembro de 2013

DIA MUNDIAL DE LUTA CONTRA A AIDS É LEMBRADO COM AÇÕES EM VALADARES SESC REALIZA AÇÕES PREVENTIVAS E EDUCATIVAS DURANTE O MÊS DE DEZEMBRO. PREFEITURA LEMBRA A DATA COM AÇÃO NO CENTRO DA CIDADE.

Por: Portal da Globo G1.

No dia 1º de dezembro é comemorado o dia Mundial de Luta contra a Aids. Em Governador Valadares, no Leste de Minas Gerais, ações preventivas e educativas, como distribuição de panfletos e palestras educativas lembram a data. No domingo (1), equipes do Centro de Referência em Atenção Especial à Saúde (Crase) e da Gerência Regional de Saúde (GRS) vão estar no Mercado Municipal de Valadares e também na Praça dos Pioneiros, no Centro da cidade das 8h às 12h, para orientar o público sobre a doença. As equipes distribuirão panfletos educativos, preservativos e vales de teste rápido de HIV.
O Sesc também promove ações na cidade, ao longo do mês de dezembro. Na segunda-feira (2) vai acontecer uma blitz educativa com orientações sobre DSTs e Aids e entrega de preservativo aos clientes e colaboradores de lojas em que a ação tenha sido permitida. Nos dias 4, 5 e 6 o Sesc promove uma abordagem sobre DSTs e Aids e suas prevenções junto aos alunos da E. M. Adélia Ribas. E no dia 10, haverá palestra aos colaboradores do Sesc Governador Valadares e verificação do cartão de vacina.
Sobre a Aids
A Aids é causada pelo vírus HIV, que prejudica o sistema de defesas do organismo, permitindo o desenvolvimento de doenças que, normalmente, seria facilmente combatidas pelo organismo. É transmitida por meio de relações sexuais sem uso de preservativo, compartilhamento de materiais perfuro cortantes ou de mãe para filho durante a gestação e amamentação. No Brasil existem 490 mil pessoas infectadas com o vírus HIV, segundo dados da Unaids (Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/Aids). Por ano, em média, são registrados 36 mil novos casos. Em Valadares, atualmente são 1.444 pacientes cadastrados no Programa DST/AIDS, sendo estes do Município e outras cidades pactuadas. De janeiro a outubro deste ano foram diagnosticados 153 novos casos (alguns ainda aguardam confirmação). Já em 2012, eram 1.358 cadastrados neste mesmo programa.

Nenhum comentário: