quinta-feira, 7 de março de 2013

AS QUATROS ESTAÇÕES DO SER DE UMA MULHER.

FOTO DA PRINCESA DIANA

O desejo de navegar por dentro do ser de uma linda mulher, dividindo tudo o que encontrar em estações, já foi permitido num passado distante, onde cada frase dita e cada olhar inocente, serviu de motivos para os poetas da época redigirem lindas obras literárias, inspiradas nos belos sorrisos, nas vozes carinhosas, no jeito de andar e falar das mulheres da época.
A primavera, o outono, o inverno e o verão no passado, ditavam as regras para serem seguidas com cautelas, para que tudo fossem falado e explicado em forma de poemas, com rimas, prosas e versos.
Hoje com o passar dos tempos e com a exaltação ao nome da mulher moderna, verdadeira e real, fazer dedicatórias ao seu ser tendo como base uma, duas, três ou as quatros estações do ano, é invadir a sua privacidade, conhecer de perto os seus medos e os seus segredos de mulher.
É tentar adivinhar em quais dessas estações é possível presenteá-la com flores e com bombons. É observar com carinho o momento certo que ela deseja voar e ser livre. É vê-la com olhos sem malicias e sem segundas intenções. É desejar se perder dentro do seu labirinto, tentando encontrar o caminho certo até o seu coração, que clama para ser verdadeiramente bem amada e tocada, por corações que saibam transformar sentimentos femininos em apenas sorrisos de mulher.


Dedicado a você mulher
Em homenagem ao seu dia.
Autor: Jorge Souza 



Nenhum comentário: