sábado, 13 de dezembro de 2014

ENTREVISTA EXCLUSIVA DO JORNAL IMPACTO NOTÍCIAS DE HELIÓPOLIS.

O Jornal Impacto Jovem Entrevista com a Presidenta da Câmara de Municipal de Vereadores de Heliópolis Ana Dalva Batista Reis.

Impacto. Você foi eleita presidenta da Câmara de Vereadores de Heliópolis. Como você encontrou a casa do Poder Legislativo Municipal?
Ana Dalva.Sim, fui eleita em 01/01/2013, encontrei a casa em um trabalho muito conservador.
Impacto.  Qual foi a sua primeira ação após a posse?
Ana Dalva.Abri as portas daquela casa para todos sem restrições. Administrar em prol do melhor para todos os vereadores, afinal somos eleitos para melhorar a qualidade de vida da sociedade e do ambiente que trabalhamos.
Impacto.  Em apenas oito meses de administração você deu uma nova cara a Câmara. Qual foi a parte mais difícil?
Ana Dalva. A parte mais difícil foi convencer que a casa precisava de sua independência,estava clamando por melhoras.
Impacto.  Quanto a Câmara recebe por mês; quais são as despesas mensais, quanto cada vereador recebe por mês e qual é o valor real das diárias?
Ana Dalva.Em 2013 o duodécimo da câmara era Setenta e Dois Mil Reais Mensais, em 2014 passou a ser de setenta e nove mil reais. As despesas chegamem media entre 70 e 75 mil reais. O salário do vereador baseado na lei 364/2012 é de 4.500,00. As diárias para o TCM e de 300,00 mensais para cada vereador.
Impacto. Você e os demais vereadores recebiam diárias na gestão do ex-presidente José Mendonça?
Ana Dalva.Vou responder pela minha pessoa, nunca recebi diárias da gestão anterior.
Impacto. Todas as segundas-feiras é servido café da manhã para todos os vereadores. Quanto custa mensalmente para a casa esse banquete?
Ana Dalva.Sim, temos um café da manhã com os vereadores e funcionários, temos o custo em media 800,00 a 900,00 reais mensais?
Impacto.  Quanto custou para a câmara a renovação do sistema de som, a compra do ar refrigerado e do carro?
Ana Dalva.Custou 64.000,00 tudo.
Impacto. Você recebeu algum elogio por parte dos vereadores pelo ótimo trabalho feito nesse1 ano de 10 meses de gestão na presidência da casa?
Ana Dalva.Sim, todos elogiam a organização geral da Câmara sem fazer distinção. Pelo menos eles dizem isso a mim.
Impacto. Por que será que eles não fazem isso de público?
Ana Dalva.É que a política em Heliópolis ainda é muito conservadora. Política aqui ainda é vista como negócio e não se elogia o concorrente. Mas eu não posso me queixar. Nestes dois anos, acredito, tivemos a melhor atuação dos nossos vereadores. Discutimos todos os projetos vindos do Executivo. Reformamos o que foi preciso e corrigimos possíveis erros. A oposição se comportou muito bem. O prefeito não pode se queixar dos seus vereadores, nem mesmo dos da oposição. Só agora, no final, por conta das proximidades da eleição da mesa, é que houve um afastamento, mas os meus colegas, acho que pela primeira vez, agiram como reais representantes do povo. Espero que continuem assim.
Impacto. Você como presidenta faz parte da base do governo ou da base de oposição?
Ana Dalva.Fui eleita vereadora na coligação do prefeito e sou da base do governo, mas costumo dizer que o meu mandato devo obrigações e deveres aos 510 eleitores que confiaram em colocar-me como representante deles no Poder Legislativo e nos demais setores. Busco a cada dia o melhor para os menos favorecidos. Enfim, sou da base do povo.
Impacto. Como anda a relação da casa com o governo?
Ana Dalva.A gestão municipal atual faz um trabalho muito silencioso, o que dificulta o diálogo entre o executivo e o legislativo.O gestor precisa se aproximar mais dos vereadores. O dialogo é a base de tudo. Ele manda os projetos a casa, mas não tem uma comunicação em torno da importância da aprovação dos mesmos. Mas Ildinho é um bom homem e creio na sua administração. Os erros vamos corrigindo com o andar da carruagem.
Impacto. Como você analisa a gestão do prefeito Ildinho?
Ana Dalva.Não vou dizer que é uma gestão ruim, mas, se eu fosse ele, dialogava mais com o povo. Há coisas boas no governo dele e que não chegam até o povo. É preciso dar sempre satisfação, prestar contas, informar das dificuldades. Falta este diálogo com o povo.
Impacto. Qual área você crê que o prefeito trabalhou bem e qual área você gostaria que ele atuasse mais no terceiro ano da gestão do mesmo?
Ana Dalva.O prefeito vai bem na infraestrutura e promete um futuro melhor para educação. Precisamos melhorar a saúde e melhorar o diálogo com a Câmara e com o povo.
Impacto. No dia 15 de Dezembro tem eleição para a presidência da casa; você é Candidata?
Ana Dalva.Sim, mas ninguém é candidata de si mesmo. Dependo do meu grupo e dos vereadores para consolidar a reeleição. Espero ser reeleita.
Impacto. Sua mensagem final.
Ana Dalva. Como estamos em momentos natalinos, quero aqui desejar um Feliz Natal a todos. Que o espírito do Natal possa iluminar nossas almas e permitir que as pessoas possam viver uma vida sempre melhor e que seja possível construir também uma vida melhor para os povos do futuro.

ANUNCIANDO ESTA NOTICIA.


Nenhum comentário: