sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

ENTREVISTA EXCLUSIVA DO PRESIDENTE DOS DEMOCRATAS E PRÉ-CANDIDATO A PREFEITO DE HELIÓPOLIS GAMA NEVES

O que era para ser o “novo”, infelizmente “envelheceu” muito rápido.







IMPACTO. Como está hoje Gama Neves após as eleições de 2008 e 2010?
GAMA NEVES. Inicialmente quero agradecer ao Jornal Impacto Notícias e em especial ao seu Diretor, o popular “Tio Jorge”, pela oportunidade de poder falar para as pessoas do município de Heliópolis. Jorge, o que eu posso lhe afirmar é que comecei na militância política em1982 e em Heliópolis em 1985, portanto, já passei por várias eleições e cada uma delas com a sua importância histórica e posso lhe afirmar que me sinto revigorado, com disposição para continuar a caminhada política e completamente focado nas eleições de 2012, considerando a sua proximidade e importância para a vida dos municípios e sua população, em especial, o município de Heliópolis.
IMPACTO. Após as traições daqueles que diziam ser seus amigos. Como você pretende formar a sua nova base e quem te apóia nessa difícil empreitada?
GAMA NEVES.  Jorge, Quando acreditamos ser possível construir uma vida pública pautada na ética, transparência e principalmente no comprometimento com a causa coletiva, devemos nos preparar para as surpresas e adpatações no campo da realidade. Em nenhum momento me senti traído, mesmo porque, ninguém está obrigado a permanecer conosco se em algum momento o planejamento a médio e longo prazo parece impossível para alguns. Aqueles que por alguma razão se distanciaram, acredito que colaboraram para a manutenção da “velha política” e a traição foi ao Projeto de Desenvolvimento que juntos defendíamos, embora possa confessar a decepção que tive com algumas pessoas, que nos pareciam “fortes” em caráter... A vida continua e posso afirmar que, em conjunto com a juventude de Heliópolis bem como aqueles que sonham em ver essa terra inserida no contexto da administração moderna e séria haveremos de fazer bonito em 2012 e principalmente a partir de 2013, para isso o Democratas vem mantendo conversas avançadas e concretas com o PPS, PR, PMDB, PSC e esperamos avançar o diálogo com o PSDB, PDT, PT e outros partidos que possam fortalecer o arco das oposições.
IMPACTO. Existe alguma possibilidade de você apoiar Aroaldo Barbosa caso ele seja o candidato da maioria?
GAMA NEVES.  Jorge, sua pergunta é importante, embora, “abstrata” e eu preciso responder no “concreto”. Analise comigo: Até as Convenções Partidárias para a escolha de Candidatos que ocorrerão no período de 10 a 30 junho de 2012, todos os postulantes a candidatos dependem de seus Partidos, que vão avaliar até lá se concorrerão sozinhos ou coligados com outros Partidos. Cada Partido tem o seu ritual. Considerando que, Aroaldo Barbosa é filiado ao PT e o Partido, ainda, não se manifestou quanto a sua decisão; considerando ainda, que existe no PT outras Pré Candidaturas a exemplo da Ex Vereadora Zélia Maranduba, que também almeja a Prefeitura e até um grupo que defende a manutenção da “aliança” com o atual Prefeito, prefiro aguardar a decisão do PT e posteriormente a discussão se dará no âmbito de todos os Partidos que marcharão na oposição à atual administração, onde buscaremos o esperado consenso. Todos irão, até lá, buscar sua maioria, se Aroaldo conseguir, parabéns para Ele.
IMPACTO.  Aroaldo Barbosa, Zé do Sertão e Zélia Maranduba em entrevista para este Jornal, manifestaram seus desejos de serem os principais candidatos a Prefeito de Heliópolis. Como você analisa esses nomes e você também manifesta esse desejo?
GAMA NEVES. São nomes conhecidos da população e democraticamente poderão pleiteiar os cargos que seus Partidos os indicarem, cabendo à população votante a decisão final. Quanto a ser o principal candidato, acredito ser essa questão secundária, pois, defendo que o Projeto de Gestão Administrativa deva ser a estrela principal da campanha. O Candidato deve ter muita capacidade para representar os anseios da população, transformando-os em Ações Administrativas e é nesse caminho que continuo a defender a nossa participação no pleito.
IMPACTO. Qual seria o melhor nome para enfrentar nas urnas o Prefeito Waltinho?
GAMA NEVES.  Jorge, precisamos “desfulanisar” as eleições. Waltinho não deve ser o alvo principal da campanha, e sim, a sua administração. Vamos apresentar a população de Heliópolis uma nova forma de governar. É preciso e urgente se falar a verdade na vida e também na política. Já se mentiu e se prometeu demais em campanhas, sendo o município e sua população as principais vítimas desse método atrasado. Vamos construir o nosso trabalho e mostrar que a atual administração está repetindo erros do passado. O nosso melhor Candidato será aquele que adquirir as credenciais políticas e administrativas para vencer e convencer. Precisamos após o pleito, comemorar a nossa vitória e não nos contentarmos com a derrota do nosso adversário. É como diz o adágio popular: “Pior que perder é achar que ganhou...”. Teremos o melhor projeto, melhor candidato e acredito que chegaremos vitoriosos.
IMPACTO. Como você avalia a gestão do Prefeito Waltinho e quais são os pontos negativos e positivos?
GAMA NEVES. Jorge, avaliar a atual administração não é tão difícil, basta nos descolarmos do “meio político” e conversarmos com o povo em suas comunidades. A população lembra muito bem das promessas. Posso afirmar, que em todo o município o Prefeito não conta com uma boa avaliação. Sugiro ao Jornalista que faça uma pesquisa no município para confirmar ou não a nossa constatação. O Prefeito se dedica exclusivamente a fazer “politicagem” e não apresentou até agora o seu plano de governo. O que era para ser o “novo”, infelizmente “envelheceu” muito rápido. Quanto aos seus principais pontos negativos, posso destacar a questão da Saúde, das estradas do município, Desprezo a importância dos Conselhos Municipal, Governo voltado para atender seus amigos e não a população em geral, Controle vergonhoso das ações dos Vereadores transformando o Legislativo em apêndice do Executivo, dentre outros... Quanto aos pontos positivos, infelizmente não os vejo, pois se alguma coisa puder ser relacionado, ficaria no campo das obrigações para as quais fora eleito. É muito pouco para quem se disse “esperança” e contando com todos os apoios no campo político que um Prefeito possa ter (Governos Estadual e Federal, Deputados, Senadores e principalmente a maioria esmagadora dos Vereadores) É muito pouco para Heliópolis crescer...
IMPACTO.  Você crer que o Prefeito Waltinho já pode contar com uma possível reeleição?
GAMA NEVES. De forma nenhuma! Jorge, você que é uma pessoa que lê muito a Bíblia, vou fazer uma análise de como vejo o quadro político em relação à reeleição de Waltinho: Sem querer cometer sacrilégio, poderíamos dizer que hoje a população está vivendo o Livro das Lamentações, com a reeleição poderá vir o Apocalipse administrativo e acredito, seriamente, que a Oposição, ainda, está no Livro do Gênesis, vamos passar  para o Livro da Sabedoria e chegaremos ao Atos dos Apóstolos. Não existe eleição ganha antes da hora e eu sou testemunha viva disso. Vamos vencer democraticamente e demonstrar que Heliópolis já poderia estar muito mais desenvolvido.
IMPACTO. Faça um resumo da atual situação nas áreas de Educação, Saúde, Segurança e Meio Ambiente.
GAMA NEVES. Infelizmente o quadro não é positivo, senão, vejamos:
Educação - A situação por que passa as Escolas do município não resistem a uma visita de qualquer fiscalização, a exemplo da Escola da Comunidade do Sapé que recebeu uma Comissão de Direitos humanos e a situação foi vexatória, tendo inclusive gerado ameaças aos fiscalizadores, O transporte escolar é muito precário, considerando dentre outras coisas a péssima situação das estradas, os Professores não vêem seus direitos serem respeitados no que diz respeito a política salarial prevista pelo MEC, etc, etc, etc....
Saúde – Nesse aspecto, infelizmente, a atual gestão conseguiu piorar em relação a anterior, haja vista, a falta de respeito com a população que precisa passar a noite em fila para conseguir uma “ficha” para atendimento, enquanto que aqueles apadrinhados tem prioridades e são sempre atendidos, as crianças continuam a nascer fora de Heliópolis e seus pais condenados a humilhação na busca de transporte, continua a perigrinação para Aracaju e outras cidades na busca de exames simples, não há nenhuma prática de medicina preventiva em ação no município, conforme dispõe o Ministério da Saúde, etc, etc, etc...
Segurança – Considerando que o município de Heliópolis é uma área fronteiriça era de se esperar que a atual gestão, com a força do seu grupo político na Bahia e no Brasil, pudesse ter reforçado às Polícias Cívil e Militar, bem como, ter demonstrado maior interesse no apoio aos jovens que começam a entrar para o mundo das drogas, nesse item também fica muito a desejar...
 Meio Ambiente – Não podemos esperar ações nesse sentido de uma administração que vem falhando na Saúde, Educação, etc... Quantos metros de esgoto foram construídos no município? Estação de tratamento de esgoto? Projeto de apoio ao “saudoso” Açude de Heliópolis? Sem contar que a atual administração entende que praça bonita é praça sem árvores...
IMPACTO. Caso a Oposição se divida, Você e Ana Dalva lança candidatura a Prefeito de Heliópolis?
GAMA NEVES. Vamos trabalhar pela união, pois é isso que todos da Oposição esperam, embora, não podemos admitir que se transforme coligações, projeto de governo, política séria, com “ajuntamento eleitoral” com prazo de validade. Precisamos construir a unidade a partir de compromisso de gestão. Na condição de Presidente do Democratas tenho a obrigação de levar o Partido à eleição e acredito que pela coerência e competência que tem demonstrado a Vereadora Ana Dalva na defesa do seu mandato e do voto do seu eleitor a situação se repete em relação ao PPS e PR, acredito que o PMDB e PSC também pensam dessa forma. Porque os outros pensariam diferente?  Quem trabalha pela unidade não ameaça com divisão. Cada coisa em seu momento.
IMPACTO. GAMA NEVES. A longo da sua trajetória política foi possível ver a presença dos Jovens ao seu lado acreditando no seu potencial de Político e de amizade. O que você tem a relatar sobre essa façanha de ter sempre a presença de  Jovens defendendo a sua bandeira?
GAMA NEVES. Jorge, tenho 45 anos de idade e quase 30 de militância política. Quando tinha 18 anos já era membro ativo da política regional e foi assim que cheguei em Heliópolis para participar da sua primeira eleição em 1985, portanto, tive a alegria de fazer parte de uma juventude atuante e que sempre buscou informação e compromisso com a sociedade que vivemos e é isso que defendo e acredito. A juventude é a força indispensável para a transformação da sociedade. Precisamos ter, além dos Jovens, idéias jovens. A classe política, como todas as outras, precisa ser renovada e nenhum Pai ou Avô ficará triste ao ver suas gerações assumindo os destinos de sua terra. Heliópolis necessita, urgente, de idéias novas, gente nova nas ações de governo e principalmente nova mentalidade política. Forte abraço a todos os leitores do Impacto Notícias.

Um comentário:

Unknown disse...

Querido Gama eu me surpreendo cada vez mais com você. Como você é preparado, culto e transparente. Eu sinto bondade nas suas palavras. E o principal a verdadeira vontade de melhorar, cuidar e zelar a cidade de Heliópolis, sem brigas, intrigas ou oposições. Você sabe o carinho que eu tenho por essa cidade e pelo povo que faz parte dela.